sexta-feira, 29 de julho de 2011

HOSPITAL DE SANTO ANTÓNIO - PORTO, A MINHA CIDADE NATAL!





* O "HOSPITAL GERAL DE SANTO ANTÓNIO", localiza-se na cidade do Porto. É um hospital geral, central e universitário, sendo responsável pelo ensino do Mestrado Integrado em Medicina do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar (ICBAS) da Universidade do Porto. Apesar de instalado num edifício de grande valor histórico e arquitetónico, o Hospital de Santo António é um dos mais modernos e equipados hospitais portugueses sendo uma referência de qualidade na prestação de cuidados de saude.
* O edifício do Hospital é o maior do estilo neoclássico inglês construido fora do Reino Unido.
* O seu projeto inicial contava com vinte mil e seiscentas (20600) portas e janelas e cento e sessenta (160)  salas, o que originou os comentários críticos de que seria mais apropriado para um palácio do que para um hospital.
* Construido entre os anos de 1779 e 1824, o "Hospital Geral de Santo António" deveria substituir o antigo Hospital da Santa Casa da Misericórdia, sito na Rua das Flores. O problema da construção do hospital é levantado pela Mesa da Misericórdia em 1766/1767, mas a escolha do novo local revelou-se uma tarefa complicada. Assim, e depois de alguma hesitação, optou-se pelos terrenos juntos à Cordoaria, cuja planta foi então enviada ao arquiteto inglês John Carr (*) para que este concebesse o projeto - o que aconteceu em 1769 - tendo a Misericórdia pago quinhentas (500) libras pelo trabalho.
* Iniciada a sua construção em 15 de Julho de 1779, o edifício atual veio substituir o antigo Hospital de Dom Lopo na Rua das Flores (onde ainda hoje funciona a sede da Santa Casa). O projeto inicial de John Carr contemplava um edifício quadrado de quatro fachadas, mas a Misericórdia alterou o projeto que tomou, então, a forma de "U".  Devido ao terreno pantanoso escolhido para a construção, tiveram de ser construidos alicerces fundos e largos, o que atrasou em muito a conclusão da obra.
* A fachada principal tem 177 (cento e setenta sete) metros de largura e cinco corpos distintos compostos por arcos plenos, redondos, colunas dóricas e vários frontôes triangulares.
* O Hospital de Santo António reflete o gosto neopaladiano e neoclássico que viria a desempenhar um papel de grande significado no desenvolvimento da arquitetura civil portuense, opondo-se ao barroco de Nicolau Nasoni que caraterizou a cidade e o norte do país, no século precedente. Desta forma, o Porto soube tirar partido da presença da colónia inglesa, fomentando um gosto que conferiu um pendor erudito à renovação arquitetónica da cidade neste período.
* No ano de 1993, para dar resposta às novas necessidades da instituição, iniciou-se a construção de uma nova e moderna ala do hospital, no local onde deveria ter sido construida inicialmente a quarta fachada.
* No ano de 1919, Óscar Moreno (**) criou a primeira Consulta de Urologia e Veneralogia do Hospital de Santo António e, no ano de 1924 fundou no mesmo Hospital o primeiro Serviço Nacional de Urologia, inicialmente com seis camas.
* Também foi neste Hospital, que no ano de 1960, se instalou o primeiro Serviço Nacional de Cirurgia Plástica.
* O Serviço de Urgências do Hospital de Santo António foi certificado no presente ano (2011) com a ISO 9001, sendo o único serviço de urgências do país com esta qualificação - o que reflete a qualidade dos cuidados de saude prestados no Hospital.

Compilado em Gondomar, por "texasselvagem"

NOTAS DO AUTOR:
(*) JOHN CARR, arquiteto inglês neoclássico, nascido em 1723 em Wakefield e falecido em 1807, em Inglaterra.
(**) ÓSCAR MORENO, médico especialista e pedagogo nascido na freguesia da Vitória da cidade do Porto, no ano de 1878 e falecido na mesma freguesia aos 92 anos, no ano de 1971.  

Sem comentários: